Le apparizioni a Piedade dos Gerais (1987 - in corso) - testi originali: www.valedaimaculadaconceicao.com.br

Messaggio del 22.07.2018

Cari figli!
Come è grande questa domenica del Signore. Che gioia sentire e sperimentare la bellezza dei figli di Dio, della splendida famiglia che Gesù ci ha reso, la Santa Chiesa.

Il primo ringraziamento a Gesù è per la Santa Chiesa, figli! Quanti di voi, arrivando qui, pregando, lodando, ringraziando, chiedendo, spesso scoraggiati, senza fede, senza coraggio, sempre chiedono alla Madre: “Porta benedizioni per il mondo. Porta grazie per il mondo”.

Oggi la Madre di Gesù, la Madre della Santa Chiesa e di tutte le famiglie, guarda verso tutti i figli qui presenti e dice loro che la benedizione più grande siete voi. Voi siete la benedizione più grande! È in voi che Dio abita, che Dio agisce, è in voi che Egli compie meraviglie, che si manifesta in un modo così dolce, insegnandoci a vincere le tempeste con la brezza leggera.

Di quella croce che dici essere il tuo matrimonio, Gesù dice: “È una grazia! È una benedizione!”. La croce ci porta alla vittoria, la croce ci porta benedizioni, la croce è la grande ricchezza che abbiamo bisogno di abbracciare per incontrarci con Gesù.

Nel cammino di Dio, che ci porta a Dio, ci sono battaglie, ci sono sofferenze, ci sono lacrime, ma ci sono tante benedizioni, così che oggi – guardando la tua famiglia – non vedrai una croce ma piuttosto benedizioni: i tuoi figli, i sorrisi, i momenti di gioia, il dialogo, quel sentimento di mancanza verso tuo padre, tua madre, che già non sono più con te. La famiglia è il giardino di Dio. La famiglia è il dono più grande.

Questo incontro è bellissimo perché ci fa meditare che la famiglia è una benedizione di Dio, che la famiglia deve produrre nel mondo tutti i frutti della vittoria: dei giovani, dei bambini, della speranza, dell’uguaglianza, della fraternità, dell’obbedienza e della buona volontà.

Vi prego, figli! Abbiate buona volontà. Il piano di Dio è stupendo. È molto semplice, ma molto bello!

Guarda la tua famiglia e ringrazia Dio. Guarda la tua famiglia e consacrala alla Sacra Famiglia, così avremo la gioia di accogliervi e guidarvi ad essere famiglie oranti. Perché nella famiglia non può mancare la preghiera. La famiglia ha bisogno di pregare. Ha bisogno di avere la gioia della preghiera. La preghiera è la forza più grande, l’alimento più grande, è quello che dà a te e alla tua famiglia la vittoria contro tutte le malvagità, le insidie e le trappole del demonio.

Allora vi chiedo: abbiate buona volontà di pregare, abbiate buona volontà di essere di esempio.

Oggi, figli, voi desiderate tanto che ci siano santi sacerdoti, santi padri, sante madri, santi governanti della vostra patria. Questo dipende da come tu conduci la tua famiglia, perché essa è il giardino di Dio.

In che modo ti sei preso cura di questo giardino di Dio?

Come ti sei preparato per cogliere i fiori e i frutti di questo giardino di Dio? Sei stato di esempio?

Hai portato i tuoi figlia alla Santa Eucarestia, alla preghiera, all’adorazione?

Hai portato i tuoi figli ad amare quelli che hanno bisogno di amore: i malati, i più bisognosi, soprattutto di compassione, di pietà?

Hai portato i tuoi figli ad amare quelli che, ogni giorno di più, non dico che invecchiano, ma vedono passare il tempo: i nonni?

Hai educato i tuoi figli con amore?

Hai la gioia di dire: “Io mi prendo cura del mio giardino, il mio giardino è una benedizione di Dio”?

Voi figli, padri e madri, che un giorno avete portato i vostri figli al Santo Battesimo, parlate del Santo Battesimo ai vostri figli?

A volte i genitori desiderano che i figli imparino a dire “mamma”, “papà”, ma dimenticano di condurli alla maggiore conoscenza della grazia: lo Spirito Santo.

Voi padri, voi madri, avete mostrato ai vostri figli come Gesù trasforma la vita?

Avete guidato i vostri figli nell’adolescenza, nella gioventù, ad essere figli di preghiera, figli che partecipano, figli che sono sempre presenti, che sono sempre lì, insieme, uniti, supplicando a Dio un mondo di pace – questa brezza leggera che è Gesù per il mondo – la felicità che è Gesù per il mondo?

Tu padre, tu madre, avete condotto vostro figlio ad amare Dio, a rispettare il prossimo e a valorizzare le cose che vengono dal Cielo? Perché dal Cielo vengono solo grazie.

Il Cielo è Misericordia. Il Cielo è bontà infinita. Quando arriva quella tempesta, Gesù passa e dice: “Io sono la brezza leggera, calma il tuo cuore!”. Cerca il dialogo, il perdono, la semplicità, l’umiltà, cerca il Cielo, cerca le cose del Cielo, anche se sei in quel passaggio che è la Terra.

Molte volte vuoi un grande futuro per tuo figlio, ma non gli procuri un presente di grazie. Come puoi volere per lui un futuro bellissimo se il suo presente è senza preghiera, senza fede e senza unzione?

Voglio dirvi con tutto il mio Cuore Immacolato: le famiglie sono anche il giardino della Madre di Dio.
Per questo sono qui, guardandovi e chiedendovi: “Figli, tornate a Gesù, convertitevi!”. Cercate la conversione attraverso la confessione. La grazia di Dio entra nella tua vita attraverso la conversione. Il miracolo che tu desideri, la guarigione – il miracolo è Gesù e la guarigione è una grazia, una benedizione – Dio può benedirci. Egli può tutto, ma è necessario accettare la volontà di Dio. Dì: “Signore, ho questa infermità, ma sia fatta la tua volontà!”. Tutto è del Padre!

Qui c’è un giardino di Dio bellissimo e oggi Dio potrebbe venire in questo giardino e cogliere un bel fiore. E se quel fiore non fosse così bello? Come si presenterà davanti al Padre?

Voi siete il giardino di Dio – la famiglia – e la Santa Chiesa, che grandiosa, che bellezza, che giardino stupendo, dove sta Gesù. Egli è la nostra via, è la verità, è la vita! La Chiesa che oggi ha carità, perché il Santo Padre ha il cuore così pieno di carità, di amore ai piccoli, ai semplici e ai più bisognosi.
Egli sa portare la speranza a questo mondo che supplica per la pace e per il trionfo del Cuore Immacolato di Maria.

Oggi, figli, la ricchezza più grande siete voi. La benedizione più grande siete voi. Il giardino più grande siete voi. Voglio ringraziare Dio Padre, Dio Figlio e Dio Spirito Santo per questa domenica, per questa grazia, per questa forza che è nel cuore di ogni padre e madre che cerca di edificarsi nella preghiera, perché la preghiera ci avvicina a Gesù, allo Spirito Santo, all’amore del Padre. La Santissima Trinità è tutto per noi. È tutto per la Madre di Dio e tutto per i figli di Dio.

Con molta gioia, nel silenzio, con tenerezza e fede, in questo momento voglio benedire ciascuno di voi.

La Madonna benedice tutti i presenti mentre intonano il canto “Dacci la tua benedizione…”

Cari figli!
Vi ho benedetti con grande amore. Ho benedetto la Santa Chiesa, i figli e le figlie qui presenti, le famiglie.

Questo messaggio di oggi ci mostra la bellezza del giardino di Dio che sono le famiglie, ma nell’intimo del tuo cuore rifletterai sul fatto che la famiglia non è sempre un bel giardino. Le famiglie sono in pezzi, i giovani sono perduti, i bambini invocano misericordia e chiedono compassione.

Ma Gesù, che è tutta grazia e sapienza, ci insegna a vedere la bellezza della famiglia. Quando vedi la bellezza della tua famiglia, allora vinci la debolezza che vuole distruggere la tua famiglia. Quando guarderai e vedrai quanto è bella la tua famiglia, allora cercherai Dio, diventerai un padre timorato, una madre obbediente, sarai un figlio prudente, aprirai il tuo cuore e lascerai lo Spirito Santo agire nel modo più sereno portandoti la sapienza, l’intelletto, la forza, la scienza, facendoti conoscere come è bello essere timorati di Dio.

Allora, quando guarderai e vedrai che questo giardino è molto bello, non permetterai a tutte le erbacce che cercano di distruggere questo giardino, di distruggerlo. Perché la felicità del mondo è nelle mani delle famiglie.

Per questo chiedo a Gesù di benedire questi fiori, affinché le famiglie siano famiglie che profumano il Cuore di Gesù, soprattutto la Santa Chiesa, figli.

Vi amo e vi lascio il mio Cuore. Lodo la Santissima Trinità per tante benedizioni, per la presenza della Santa Chiesa qui, che è la grande famiglia, per la presenza dei figli che sono la ricchezza dei nostri Cuori: del Cuore di S. Giuseppe, del Cuore del Bambino Gesù e del Cuore della Madre di Gesù.

Ecco la Serva di Dio, l’Immacolata Concezione, la Madre di Piedade, ed ecco che il Signore mi chiama!
Mensagem de 22 de Julho de 2018

Queridos filhos!
Quão grande é este domingo do Senhor. Que alegria sentir e vivenciar a beleza dos filhos de Deus, da família lindíssima que Jesus nos fez, a Santa Igreja.

O primeiro agradecimento a Jesus, é pela Santa Igreja, filhos! Quantos de vocês, ao chegarem aqui, orando, louvando, agradecendo, pedindo, muitas vezes desanimados, sem fé, sem coragem – sempre pedindo à Mãe: “Traga bênçãos para o mundo. Traga graças para o mundo”.

Hoje a Mãe de Jesus, a Mãe da Santa Igreja e de todas as famílias, olha pra todos os filhos aqui presentes e lhes diz que a maior bênção são vocês. Vocês são a maior bênção! É em vocês que Deus habita, que Deus age, em quem Ele faz maravilhas, em quem Ele se manifesta de uma forma tão doce, nos ensinando a vencer as tempestades com a brisa mansa.

Aquela cruz que você diz ser o seu matrimônio, Jesus diz: “É uma graça! É uma bênção!”. A cruz nos leva à vitória, a cruz nos traz bênçãos, a cruz é a grande riqueza que precisamos abraçar para nos encontrar com Jesus.

O caminho de Deus, que nos leva a Deus, tem batalhas, tem sofrimentos, tem lágrimas, mas tem tantas bênçãos, que hoje – quando você olhar para a sua família – você não vai ver cruz, mas sim, bênçãos: seus filhos, os sorrisos, os momentos de alegria, o diálogo, aquele sentimento de falta, que faz seu pai, a sua mãe, que já não estão mais com você. A família é o jardim de Deus. A família é o presente maior.

Este encontro é belíssimo porque nos faz meditar que a família é uma bênção de Deus, que a família que precisa produzir no mundo todos os frutos da vitória: dos jovens, das crianças, da esperança, da igualdade, da fraternidade, da obediência e da boa vontade.

Eu lhes peço, filhos! Tenham boa vontade. O plano de Deus é lindo. É simples demais, mas belo demais!

Olhe para a sua família e agradeça a Deus. Olhe para a sua família e consagre a sua família à Sagrada Família e teremos a alegria de recebê-los e de conduzi-los a serem famílias orantes. Porque na família não pode faltar oração. A família precisa orar. Precisa ter a alegria de orar. A oração é a maior graça, é o maior alimento, é o que dá a você e a sua família a vitória contra todas as maldades e ciladas e armadilhas do demônio.

Então, eu peço pra vocês: tenham boa vontade de orar, tenham boa vontade de serem exemplos.

Hoje, filhos, vocês desejam tanto que haja santos sacerdotes, santos pais, santas mães, santos condutores da pátria de vocês. Isso vai depender de como você conduz a sua família, porque ela é o jardim de Deus.

Como você tem cuidado desse jardim de Deus?

Como você tem preparado para colher as flores e os frutos desse jardim de Deus? Você tem sido exemplo?

Tem conduzido seus filhos à Santa Eucaristia, à oração, à adoração?

Você tem levado os seus filhos a amar aos que precisam de amor: aos doentes, aos mais necessitados, principalmente de compaixão, de piedade?

Tem levado seus filhos a amar aqueles que, com o tempo, a cada dia – não diria que envelhecem – mas que veem o tempo passar: os avós?

Você tem educado seus filhos com amor?

Você tem a alegria de dizer: “eu cuido do meu jardim, o meu jardim é uma bênção de Deus”?

Vocês, filhos, pais e mães, que um dia, conduziram seus filhos ao Santo Batismo, vocês falam do Santo Batismo para seus filhos?

Às vezes, os pais querem que os filhos digam mãe, papai, mas esquecem de conduzir seus filhos ao maior conhecimento da graça: o Espírito Santo.

Vocês pais, vocês mães, têm mostrado a seus filhos o quanto Jesus transforma a vida?

Têm conduzido seus filhos na adolescência, na juventude, a serem filhos de oração, filhos que participam, que estão sempre presentes, que estão sempre ali, juntos, unidos, suplicando a Deus um mundo de paz – esta brisa mansa que é Jesus para o mundo – a felicidade que é Jesus para o mundo?

Você pai, você mãe, tem conduzido seu filho a amar a Deus, a respeitar o próximo e a valorizar as coisas que vêm do Céu? Porque o Céu só derrama graças.

O Céu é Misericórdia. O Céu é bondade infinita. Quando chega aquela tempestade, Jesus passa e diz: “Eu sou a brisa mansa, acalme seu coração!”. Busque o diálogo, o perdão, a simplicidade, a humildade, busque pelo Céu, pelas coisas do Céu, mesmo estando sobre a passagem que é a Terra.

Muitas vezes, você quer um grande futuro para o seu filho, mas não lhe proporciona um presente de graças. Como você pode querer um futuro belíssimo para ele, se o seu presente está sendo sem oração, sem fé e sem unção?

Eu quero lhes dizer de todo o meu Imaculado Coração: as famílias são o jardim da Mãe de Deus também. Por isso, estou aqui olhando por vocês, pedindo: “Filhos, voltem para Jesus, convertam-se!”. Procurem através da confissão a conversão. A graça de Deus entra em sua vida pela conversão. O milagre que você deseja, a cura – o milagre é Jesus e a cura é uma graça, uma bênção – Deus pode nos abençoar. Ele tudo pode, mas é preciso aceitar a vontade de Deus. Diga: “Senhor, eu tenho esta enfermidade, mas seja feita a sua vontade!”. Tudo é do Pai!

Aqui tem um jardim de Deus belíssimo e hoje Deus pode vim até este jardim e colher uma bela flor. E se a flor não estiver tão bela? Como irá fluir na presença do Pai?

Vocês são o jardim de Deus – a família – e a Santa Igreja, que grandiosa, que beleza, que jardim lindo, onde está Jesus. Ele é o nosso caminho, é a verdade, é a vida! A Igreja que tem hoje caridade, porque o Santo Padre tem o coração tão cheio de caridade, de amor aos pequeninos, aos simples e aos mais necessitados. Ele sabe levar a esperança para este mundo que clama pela paz e pelo triunfo do Imaculado Coração de Maria.

Hoje, filhos, a maior riqueza são vocês. A maior bênção são vocês. O maior jardim são vocês. Eu quero agradecer a Deus Pai, a Deus Filho, a Deus Espírito Santo por este domingo, por essa graça, por essa força que está no coração de cada pai e mãe que busca se edificar na oração, porque a oração nos faz próximos de Jesus, do Espírito Santo, do amor do Pai. A Santíssima Trindade é tudo para nós. É tudo para a Mãe de Deus e tudo para os filhos de Deus.

Com muita alegria, no silêncio, com ternura e fé, eu quero, neste momento abençoar cada um de vocês.

Neste momento, Nossa Senhora abençoa a todos, enquanto cantam: “Dai-nos a bênção...”

Queridos filhos!
Eu lhes abençoei com grande amor. Abençoei a Santa Igreja, aos filhos e filhas aqui presentes e às famílias.

Essa mensagem de hoje nos mostra a beleza do jardim de Deus que são as famílias, mas no íntimo do seu coração você vai refletir que a família não tem sido um lindo jardim. As famílias estão em pedaços, os jovens perdidos, as crianças gritando por misericórdia e pedindo compaixão.

Mas Jesus, que é toda graça e sabedoria nos ensina a ver a beleza da família. Quando você vê a beleza de sua família, você irá vencer a fraqueza que está querendo destruir a sua família. Quando você olhar e ver o quanto a sua família é linda, você vai buscar a Deus, será um pai temente, uma mãe obediente, será um filho prudente, abrirá seu coração e deixará o Espírito Santo agir da forma mais serena trazendo a sabedoria, o entendimento, a força, a ciência, lhe fazendo conhecer como é bom ser temente a Deus.

Então, quando olhar e ver que esse jardim é bonito demais, você não vai permitir que todas as ervas que tentam destruir esse jardim, o destrua. Porque está nas mãos das famílias, a felicidade do mundo.

Por isso, eu peço a Jesus que abençoe estas flores para que as famílias sejam famílias que perfumem o Coração de Jesus, principalmente a Santa Igreja, filhos.

Eu amo vocês e deixo com vocês o meu Coração. Louvo à Santíssima Trindade por tantas bênçãos, pela presença da Santa Igreja aqui, que é a grande família, pela presença dos filhos que são a riqueza dos nossos Corações: do Coração de São José, do Coração do Menino Jesus e do Coração da Mãe de Jesus.

Eis aqui a Serva de Deus, a Imaculada Conceição, a Mãe de Piedade, e eis que o Senhor me chama!


Altri messaggi tradotti