Le apparizioni a Piedade dos Gerais (1987 - in corso) - testi originali: www.valedaimaculadaconceicao.com.br

Messaggio del 05.01.2002 (pomeriggio)

Cari e amati figli!
In questo momento così speciale, in questo giorno, in questo pomeriggio in cui Dio ci sta dando, per la sua infinita misericordia, la felicità di pregare qui riuniti, innanzitutto vogliamo ringraziare Gesù per quest'anno dedicato alla pace, alla preghiera per la pace.

Vorrei ricordarvi che Dio è la nostra pace e che non esiste pace se non quella che solo Lui può veramente darci. Quindi il primo nobile atto della nostra vita è l'affidamento, la fiducia e la fedeltà a Dio.
Oggi siamo qui per lodare il Cielo per questo momento così speciale in cui il Cielo ci concede le indulgenze di cui abbiamo bisogno per vivere con i nostri cuori aperti a Gesù.

Oggi Gesù chiede in particolare ai bambini e ai giovani questa apertura del cuore, affinché ci sia più pace nel mondo e affinché non ci sia tanta sofferenza nei cuori delle persone. Allora è veramente necessario esaminare con prudenza la nostra anima e chiedere perdono a Dio.

Vorrei che iniziaste questo momento di preghiera, in cui ascolterete direttamente quello che il Cielo ha da dirvi, chiedendo perdono a Dio per le innumerevoli volte in cui cadete, in cui vacillate, in cui non sapete amare, in cui non sapete perdonare. Chiedete perdono a Dio per le volte in cui il vostro egoismo prevale, il vostro orgoglio prevale. Chiedete perdono a Dio per le volte in cui diventate fragili, deboli, stolti, imprudenti. Chiedete perdono a Dio per le volte in cui commettete cose contrarie a quello che Gesù Cristo vuole veramente per voi, cose che addolorano completamente Gesù, e che fanno anche davvero male ai vostri cuori.

Chiedi perdono a Dio per le innumerevoli mancanze ed errori, per le volte in cui giudichi tuo fratello, in cui condanni tuo fratello, in cui critichi tuo fratello.
Chiedi a Gesù di renderti ogni giorno più umile, ogni giorno più semplice, ogni giorno più sapiente, ogni giorno più sereno.

Oggi abbiamo tanto bisogno di Dio! Quando siamo qui, ascoltando il Cielo, sentiamo che il Cielo ci dice: è tempo di grazia, tempo di conversione, tempo di cambiare vita, tempo di preghiera, tempo di trasformazione!

È così bello quando dedichiamo la nostra vita a questa meravigliosa trasformazione, a questo bellissimo atto di perdono, di amore per il prossimo, di carità, aiutando qualcuno che ha davvero bisogno, specialmente in quest'anno in cui il mondo sarà colpito dalla grande tribolazione, dall'invidia, dall'avidità, dalla bramosia, dalla mancanza di condivisione, amore, uguaglianza.

Il mondo realmente non sta bene, figli.
C'è una decadenza spirituale molto grande nel cuore delle persone. Oggi, quando si parla di Dio, molti dicono: chi è? Le persone sono sempre più senza fede, senza consapevolezza del fatto che la vita è un grandissimo dono del Cielo. Il Cielo ci riempie di doni. La nostra vita è piena di cose così belle, così meravigliose.
Il nostro cuore oggi si vede avvolto dalla misericordia di Dio. Possiamo dire che siamo persone di fede perché la misericordia di Dio ci avvolge affinché lottiamo, da qui in avanti, per un mondo giusto, per un mondo migliore, affinché tu possa davvero condividere, contribuire, fare la tua parte, ma farla bene, a cominciare dall'amore.
"Tutto per amore, niente senza amore", vi ha detto ieri Gesù nel messaggio.

Quando c'è amore c'è la grazia di Dio, e quando c'è la grazia di Dio, l'impossibile diventa possibile.
Noi stiamo vivendo questo tempo, ed è per questo che vi ho detto: figli, per quanto quest'anno sarà difficile - un anno di tribolazione, un anno in cui l'uomo diventerà inquieto, in cui molte volte si troverà completamente senza fondamento - sarà anche un anno molto spirituale, perché vedremo la misericordia di Dio.
Vedremo la sofferenza, ma vedremo la forza di Dio. Vedremo l'abisso, ma vedremo Gesù che ci prende per mano e ci conduce alla liberazione da questo abisso di dolore e di peccato.

È questa autenticità, è questa gioia, è questa felicità che ci conduce a Dio. Oggi vi dico: coraggio, figli miei, molto coraggio! Siete mossi dallo Spirito Santo di Dio! La fede vi muove, la fede vi guarisce, perché voi qui non state lavorando solo per l'opera del mondo, state lavorando per l'opera di Dio.
Un'opera fatta di amore, un'opera fatta di affidamento, un'opera fatta di vera donazione della vostra vita a Dio, ecco perché Gesù vi ha chiesto: “Vivete una vita di maggiore umiltà, perché vedrete che nulla di materiale può soddisfarvi, quindi siate umili, ringraziate per quello che avete e non vogliate avere tanto."

Felice e beato è l'uomo che si sente soddisfatto del poco che può avere, perché non vale nulla il molto quando non si ha Dio. Quello che ci rende davvero felici è Dio, è la grazia di Dio!

Abbiamo davvero bisogno di riscattare questa forza dello Spirito Santo per la nostra anima, di pregare.
Vi ho chiesto e vi chiedo di nuovo di pregare per gli infermi, per i malati, specialmente per i malati spirituali. Chiedete a Dio per la crescita spirituale di questa comunità, per la crescita spirituale delle famiglie, per il fondamento spirituale nella vita dei giovani e dei bambini, affinché questo mondo si muova e diventi consapevole che il tempo della grazia è adesso e che il mondo è già così vicino al Trionfo del Cuore di questa Madre che è qui come Madre di Piedade, messaggera del Cielo, ma che il mondo è così impreparato e spesso più preoccupato di altre cose che di avere la grazia e la benedizione di Dio.

La più grande malattia è la mancanza di questa guarigione spirituale nel cuore, perché come ha detto Gesù: "La morte è vita". Ma tu malato, tu infermo, che oggi stai attraversando momenti difficili, preoccupati prima di tutto della tua guarigione interiore. Perché, se Dio ti vuole ancora su questo mondo, Egli può fare l'impossibile, ma se arriva per te il momento di essere raccolto per il Cielo, sentirai davvero la presenza di Dio, la grazia di Dio, e per questo devi avere la guarigione interiore del tuo cuore e della tua anima. Allora guarisci il tuo cuore, guarisci la tua anima, trasforma la tua vita attraverso questo dono dello Spirito Santo.

Ecco perché voglio dare questa benedizione speciale a tutti i figli che in questo momento stanno vivendo una malattia, non solo del corpo, ma anche dello spirito. E oggi vorrei anche benedire la comunità affinché ci sia più fede, più amore, più condivisione nel vivere la parola di Dio.

Con grande gioia vi darò la mia benedizione.

In questo momento la Madonna benedice tutti ...

Cari e amati figli! Vi ho benedetti con grande gioia, con tanto amore! Ho benedetto tutti i figli e le figlie qui presenti e quelli che sono venuti da ​​così lontano.

Oggi Gesù ci parla delle sofferenze, delle tribolazioni che verranno, ma dice anche che ci sarà data molta forza, molta sapienza, e che vedremo la grazia di Dio.

Ecco perché vi dico che il mondo non ha aperto gli occhi attraverso l'amore e lo farà attraverso il dolore, perché il mondo avrà molto bisogno di Dio.
Le necessità più grandi del mondo, soprattutto in quest'anno, saranno di amore, di pace, di fede e di carità, perché nessuno sarà più in grado di vivere per se stesso.

Dobbiamo vivere in funzione dell'opera di Dio e gli uni per gli altri, perché questo è il grande fondamento della vita e del mondo. Ecco perché vi ho benedetti con molto affetto!

A chi mi ha offerto questi bellissimi fiori, dono il mio Cuore di Madre!
Restate in pace, abbiate un pomeriggio di pace.
Ora vado, il Signore mi chiama. Ecco la Serva del Signore!
Mensagem de 05 de Janeiro de 2002, à tarde

Queridos e amados filhos!
Neste momento tão especial, neste dia, nesta tarde em que Deus está nos concedendo, pela sua infinita Misericórdia, a felicidade de orarmos aqui reunidos, primeiramente vamos agradecer a Jesus por este ano dedicado à paz, à oração pela paz.

Eu gostaria de lembrar para vocês que Deus é a nossa paz, e que não existe paz a não ser a paz que somente Ele pode nos dar de verdade. Então, o primeiro ato nobre da nossa vida é a entrega, a confiança e a fidelidade a Deus. E hoje, nós estamos aqui para louvar ao Céu por este momento tão especial em que o Céu nos concede as indulgências que nos são necessárias para viver com os nossos corações abertos a Jesus.

Hoje, Jesus pede especialmente às crianças, aos jovens, essa abertura de coração, para que haja sobre o mundo mais paz e para que não haja tanto sofrimento sobre os corações da humanidade. Então a gente precisa verdadeiramente examinar de uma forma prudente a nossa alma e pedir perdão a Deus.

Eu gostaria que vocês iniciassem este momento de oração, em que vocês vão ouvir diretamente o que o Céu tem para lhes falar, pedindo perdão a Deus pelas inúmeras vezes que vocês caem, que vocês vacilam, que vocês não sabem amar, que vocês não sabem perdoar. Que vocês peçam perdão a Deus pelas vezes que vosso egoísmo fala mais alto, que vosso orgulho fala mais alto. Que vocês peçam perdão a Deus pelos momentos em que vocês se tornam frágeis, fracos, insensatos, imprudentes. Que vocês possam pedir perdão a Deus pelos momentos em que vocês cometem coisas contra aquilo que Jesus Cristo quer realmente para vocês, coisas que realmente desagradam completamente a Jesus, e também machuca verdadeiramente os vossos corações.

Peça perdão a Deus pelas inúmeras falhas, faltas, pelos momentos em que você julga seu irmão, em que você condena seu irmão, pelos momentos em que você critica o seu irmão. Peça a Jesus que lhe faça cada dia mais humilde, cada dia mais simples, cada dia mais sábio, cada dia mais sereno.

Hoje nós precisamos tanto de Deus! Quando nós estamos aqui, ouvindo o Céu, nós estamos ouvindo o Céu falar para a gente: tempo de graça, tempo de conversão, tempo de mudança de vida, tempo de oração, tempo de transformação!

É tão bonito quando nós dedicamos a nossa vida a essa transformação belíssima, a esse ato bonito de perdão, de amor ao próximo, de caridade, de ajudar alguém que realmente precisa, principalmente neste ano em que o mundo será cercado pela grande tribulação, pela inveja, pela ganância, pela cobiça, pela falta de partilha, de amor, de igualdade.

O mundo realmente não está bem, filhos. Há uma decadência espiritual muito grande no coração das pessoas. Hoje, quando se fala de Deus muitos dizem: Quem é? As pessoas estão a cada dia mais sem fé, sem conscientização de que a vida é um grandiosíssimo presente do Céu. Nós somos presenteados pelo Céu. Nossa vida hoje é cercada por coisas tão bonitas, por coisas tão belas. O nosso coração, hoje, se vê envolvido pela misericórdia de Deus. Nós podemos dizer que somos pessoas de fé, porque a misericórdia de Deus nos envolve, para que a gente lute, daqui pra frente, por um mundo justo, por um mundo melhor, para que você possa realmente partilhar, contribuir, fazer a sua parte, mas fazer bem, a começar pelo amor. Tudo pelo amor, nada sem o amor, disse Jesus para vocês, ontem na mensagem.

Quando existe o amor existe a graça de Deus, e quando existe a graça de Deus, o que é impossível se faz possível. Nós estamos a viver este tempo, e é por isso que eu disse para vocês: Filhos, por mais que este ano vá ser um ano difícil, um ano de tribulação, um ano em que o homem se tornará inquieto, que se encontrará completamente, muitas vezes, sem alicerce, será um ano também muito espiritual, porque nós veremos a misericórdia de Deus. Nós veremos o sofrimento, mas veremos a força de Deus. Veremos o abismo, mas veremos Jesus nos tomar pela mão e nos conduzir à libertação deste abismo de dor e de pecados.

É essa autenticidade, é essa alegria, é essa felicidade que nos leva a Deus. Hoje, eu digo para vocês: Coragem meus filhos, muita coragem! Vocês são movidos pelo Espírito Santo de Deus! A fé lhes move, a fé lhes cura, porque vocês estão aqui não é trabalhando para a obra apenas do mundo, vocês estão trabalhando para a obra de Deus. Uma obra que se faz do amor, uma obra que se faz da entrega, uma obra que se faz da verdadeira doação da sua vida a Deus, por isso é que Jesus pediu para vocês: “Vivam uma vida de mais humildade, porque vocês verão que nada do material pode lhes satisfazer, então sejam humildes, agradeçam pelo que vocês têm e nunca queiram ter muito.”

Feliz e bem aventurado o homem que se sente saciado pelo pouco que se pode ter, porque de nada vale o muito quando não se tem Deus. Tudo não se tem, porque o que nos faz realmente felizes é Deus, é a graça de Deus!

Nós precisamos realmente resgatar essa força do Espírito Santo para a nossa alma, orar. Eu pedi para vocês e torno a pedir, ore pelos enfermos, ore pelos doentes, principalmente pelos doentes espirituais. Peça a Deus pelo crescimento espiritual dessa comunidade, pelo crescimento espiritual das famílias, pelo alicerce espiritual na vida dos jovens e das crianças, para que este mundo se mova e se conscientize de que o tempo da graça é agora, e que o mundo já chega tão perto do Triunfo do Coração desta mãe que está aqui como mãe de Piedade, mensageira do Céu, mas que o mundo está tão despreparado e muitas vezes mais preocupado com o ser do que com o ter a graça e a benção de Deus.

A maior enfermidade é a falta dessa cura espiritual no coração, porque como disse Jesus: “ A morte é vida.” Mas para você doente, você enfermo, que está hoje passando por momentos difíceis, preocupe primeiro com a sua cura interior, porque se Deus ainda te quer sobre este mundo, ele pode fazer o impossível. Mas se chega o momento de você ser colhido para o Céu, você realmente vai sentir a presença de Deus, a graça de Deus, mas para isso você precisa ter essa cura interior do seu coração e da sua alma. Então cure o seu coração, cure a sua alma, transforme a sua vida através deste dom do Espírito Santo.

É por isso que eu quero dar esta benção especial a todos os filhos que estão passando neste momento por uma enfermidade, não só do corpo, mas também do espírito, e gostaria de também hoje, abençoar a comunidade para que haja mais fé, mais amor, mais partilha na vivência da palavra de Deus.

Com grande alegria eu vou dar-lhes a minha bênção.

Neste momento Nossa Senhora abençoa a todos...

Queridos e amados filhos! Eu abençoei-lhes com grande alegria, com muito amor! Abençoei todos os filhos e filhas que aqui estão presentes, e os que vieram de tão longe.

Hoje, Jesus fala para nós dos sofrimentos, das tribulações que virão, mas Ele diz também que nos será conduzida muito força, muita sabedoria, e que a gente verá agora a graça de Deus.

Por isso que eu digo para vocês, o mundo não viu pelo amor, vai ver pela dor, porque o mundo vai precisar muito de Deus. As necessidades maiores do mundo, principalmente neste ano, vão ser do amor, da paz, da fé e da caridade, porque ninguém vai conseguir viver mais para si.

Nós devemos viver em função da obra de Deus e uns pelos outros, porque este é o grande alicerce da vida e do mundo. Por isso eu abençoei vocês com muito carinho!

A quem me ofertou lindas flores eu dou o meu coração de mãe!
Fiquem em paz, tenham uma tarde de paz.
Agora eu vou, o Senhor me chama. Eis aqui a Serva do Senhor!


messaggi precedenti
storia delle apparizioni
video storico sulle prime apparizioni
sito ufficiale con testi e audio in lingua originale
canale youtube con i video delle apparizioni
pagina facebook